Biodiversidade
Close

Not a member yet? Register now and get started.

lock and key

Sign in to your account.

Account Login

Forgot your password?

Biodiversidade  // Exibindo posts da categoria Biodiversidade

Monoculturas

Genericamente dá-se o nome de monocultura para a produção ou cultura agrícola de  um único tipo de produto. A substituição da cobertura vegetal original, geralmente com várias espécies de plantas, por uma cultura única, é uma prática danosa ao solo. Por exemplo: numa área de Mata Atlântica ou de Cerrado podemos encontrar tamanduás, jaguatiricas, emas, […]

Ler mais...

Doenças

As doenças em viveiros estão associadas principalmente a quatro fatores: água, sombreamento, substrato e material propagativo. Devido às suas características, o viveiro reúne condições de umidade, sombreamento e proximidade das mudas que favorecem a instalação, o desenvolvimento e a disseminação de doenças fúngicas. Para o controle de doenças, podem ser utilizadas as seguintes medidas: 1.Medidas […]

Ler mais...

Gramados

Podemos formar um gramado de 4 formas: tapetes, placas, mudas ou sementes. Existem muitas variedades de gramíneas para jardins, sendo que nas lojas especializadas do DF, você encontrará basicamente Batatais e Esmeralda. Batatais (Paspalum notatum): é a grama comum, utilizada em largos espaços verdes. Possui folhas verde-claras, duras e ligeiramente pilosas. Resiste bem à seca, […]

Ler mais...

Espeleogênese

Fase inicial: A rocha calcária possui diversas fendas e fraturas por onde as águas superficiais escorrem em direção ao lençol freático. O processo de carstificação ou dissolução química é resultado da combinação da água da chuva ou de rios superficiais com o dióxido de carbono (CO2) proveniente da atmosfera ou das raízes da vegetação. O […]

Ler mais...

Cobertura florestal

Onde há raízes de plantas e árvores o solo consegue fixar-se melhor, evitando um maior desmoronamento do leito. A cobertura vegetal realmente desempenha papel fundamental no que se refere à amenização dos problemas decorrentes da erosão.   Conhecendo a gravidade dos problemas causados pelo escoamento superficial, deve-se considerar a importância da floresta na retenção de […]

Ler mais...

Espaços internos

As cavernas possuem basicamente dois ambientes: Galerias: formadas principalmente por dissolução, corrosão, erosão mecânica, fissuras ou fraturas ou ainda por tubos de lava. Constituem a maior parte dos caminhos internos da caverna. Se forem largos e altos, permitem a caminhada em pé. Quando estreitas ou muito baixas, exigem que se rasteje para atravessá-las. Podem ter […]

Ler mais...

Repicagem

A repicagem é o transplante de uma plântula de um local para outro no mesmo viveiro. Comumente, aproveita-se a oportunidade para refugar as plântulas que apresentam algum tipo de deformação ou baixo vigor. Esta operação é executada manualmente no Brasil, de um recipiente onde há duas plântulas para outro recipiente onde nenhuma semente germinou. Não […]

Ler mais...

Equipamentos e técnicas

Entre os equipamentos utilizados na exploração de cavernas os mais importantes são listados a seguir: Roupas – Em geral um macacão (fato-macaco, em Portugal) com reforços em lona, couro ou cordura nos joelhos e na parte traseira, destinado a proteger todo o corpo do atrito com as rochas.  Calçados – Botas ou calçados especiais para terrenos inundados […]

Ler mais...

Qualidade das Mudas

Um viveiro florestal deve sempre visar a produção de mudas sadias e vigorosas para posterior utilização em plantios. Elas devem apresentar: 1.sistema radicular desenvolvido;2.raiz principal sem defeitos;3.parte aérea bem formada;4.caule ereto e não bifurcado; 5.ramos laterais uniformemente distribuídos; 6.folhas com coloração e formação normais; 7.isenção de doenças;  Certificação Fitossanitária: Para que o viveiro esteja operando […]

Ler mais...

Recipientes

Após o peneiramento, mistura (adubo, matéria orgânica, etc.) e expurgo (brometo de metila), o substrato está pronto para o enchimento dos recipientes. 1.Funções vitais dos recipientes: a) Biológica: propiciar suporte de nutrição das mudas, proteger as raízes de danos mecânicos e da desidratação, moldá-las em forma favorável para o desenvolvimento das mudas, assim como maximizar […]

Ler mais...