Efeitos climáticos
Close

Not a member yet? Register now and get started.

lock and key

Sign in to your account.

Account Login

Forgot your password?

Efeitos climáticos

Em termos científicos a mudança abrupta do clima ocorre quando um sistema climático cruza um ponto crítico e incorpora um estado novo a uma taxa mais rápida do que pode ser explicado pela causa. O clima pode mudar dramaticamente em apenas 10 ou 20 anos – tão rapidamente que os sistemas humanos e naturais teriam dificuldade em se ajustar. E uma vez que o ponto crítico foi alcançado, pode ser difícil ou mesmo impossível retornar ao estado precedente.


Várias mudanças climáticas globais ocorreram ao longo da história evolutiva planetária induzindo novos efeitos nos ecossistemas. As mudanças climáticas estão intimamente associadas ao ciclo do carbono e atualmente os níveis dos gases de efeito estufa, presentes na atmosfera, são os maiores dos últimos 42.000 anos. Estudos demonstram a relação entre o aquecimento atmosférico, as mudanças climáticas globais e seus efeitos na distribuição dos ecossistemas, levando a profundas alterações na atual composição da biodiversidade.


A idéia de que mudanças climáticas são inofensivas e significarão apenas um clima mais ameno é errada e perigosa. A mudança rápida do clima pode causar terremotos , erosões , secas , tempestades e outros efeitos climáticos.

 

Terremotos

 


É um movimento brusco e repentino do terreno resultante de um falhamento. Portanto, a ruptura da rocha é o mecanismo pelo qual o terremoto é produzido.As rochas comportam-se como corpos elásticos e podem acumular deformações quando submetidas a esforços de compressão ou de tração. Quando este esforço excede o limite de resitência da rocha esta se rompe ao longo de um plano, novo ou pré-existente de fratura, chamado FALHA.

 

A quase totalidade dos terremotos tem origem tectônica, isto é, estão associados a falhamentos geológicos. Entretanto, terremotos podem ser também ocasionados por atividades vulcânicas ou pela própria ação do homem que, neste caso, recebe a denominação de sismos induzidos. Como exemplos significativos temos os sismos produzidos por explosões nucleares ou gerados pela criação de grandes reservatórios hidrelétricos.


Os maiores efeitos tanto de origem induzida quanto vulcânica sempre apresentam magnitudes muito inferiores aos grandes terremotos tectônicos. Basicamente, o aquecimento global degela grande parte das calotas polares. Esse degelo injeta uma quantidade enorme de água doce nos oceanos, causando o resfriamento das águas do Atlântico Norte e interrompendo o ciclo de aquecimento e resfriamento que existe entre o sul e o norte do oceano Atlântico.


Sugestões de sites:
www.unb.br
www.library.com.br     
Share and Enjoy:
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Comente este artigo