Cachorro-do-mato-vinagre
Close

Not a member yet? Register now and get started.

lock and key

Sign in to your account.

Account Login

Forgot your password?

Cachorro-do-mato-vinagre

Mamíferos – Cachorro-do-mato-vinagre – Speothos venaticus

Classe: Mammalia; ordem: Carnivora; família: Canidae; gênero: Speothos

 



Este canídeo distribuía-se originalmente por quase toda a América do Sul, desde a fronteira da Colômbia com o Panamá até Santa Catarina. Está em processo de extinção por causa das queimadas, do desflorestamento e da ocupação humana de seus habitats.


Atualmente, no Brasil, pode ser encontrado em florestas de mata atlântica, como no Parque Estadual Intervales-SP, em campos úmidos no cerrado, como no Parque Nacional das Emas-GO e no Pantanal.


O cachorro-do-mato-vinagre possui uma adaptação para viver em regiões alagadas: seus dedos são ligados por uma membrana, o que o torna um hábil nadador e mergulhador. Esta afinidade com a água o torna conhecido no Peru como “cachorro d´água”. Também não possuem alguns molares comuns em canídeos em geral.


Na natureza, apesar de ser difícil de ser visto, já foi observado em matilhas de 10 a 12 animais. Alimenta-se de crustáceos, cutias e pacas; em grupo, costumam caçar animais maiores como capivaras e emas jovens. A paca é a sua principal presa e está em processo de extinção, obrigando o cachorro-do-mato-vinagre a mudar seus hábitos alimentares.


Abriga-se em tocas em troncos de árvores e em buracos abertos por tatus de grande porte. Após um ano de existência atinge a maturidade sexual. As fêmeas têm uma gestação de 67 dias, nascendo em média três filhotes, sendo que as ninhadas podem variar de um a seis. Os machos costumam trazer alimento para as fêmeas durante o período de amamentação.

 

Ficha

 

Share and Enjoy:
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Comente este artigo