Eutrofização – A lagoa com indigestão
Close

Not a member yet? Register now and get started.

lock and key

Sign in to your account.

Account Login

Forgot your password?

Eutrofização – A lagoa com indigestão

Eutrofização é um processo em que aumentam os nutrientes disponíveis numa lagoa ou represa. Pode ocorrer naturalmente ou ser conseqüência de poluição orgânica. Numa Eutrofização causada por poluição, a seqüência de eventos principais é a seguinte:
Substâncias orgânicas existentes no esgoto doméstico são despejadas na água. Microrganismos decompositores degradam essas substâncias, e isso enriquece a lagoa em sais minerais;
A maior disponibilidade de nutrientes favorece a proliferação de determinadas algas, que crescem rapidamente, espalham-se pela lagoa e, ap6s algum tempo, morrem;
A decomposição bacteriana destas massas de algas consome oxigênio, reduzindo a quantidade disponível deste gás para a sobrevivência de peixes e outros animais. A turvação da água diminui a taxa de fotossíntese e empobrece ainda mais o teor de oxigênio;
Sobram, finalmente, somente microrganismos anaeróbios (sobrevivem sem oxigênio), responsáveis pelo mau cheiro característico de lagos, represas e rios poluídos.
Toda essa seqüência de eventos j6 ocorreu com o rio Tietê, no trecho que percorre a cidade de São Paulo. Nele, a taxa de oxigênio na água praticamente chegou a zero, suas águas cheiram mal, não servem para a recreação, nem para o abastecimento da cidade. Felizmente, estão sendo implementados projetos, com financiamento internacional, para recuperar o Tietê até o ano 2005.

 

Share and Enjoy:
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Comente este artigo