Recursos Hídricos
Close

Not a member yet? Register now and get started.

lock and key

Sign in to your account.

Account Login

Forgot your password?

Recursos Hídricos

 

O Brasil possui uma das maiores reservas hídricas do mundo, concentrando cerca de 15% da água doce superficial disponível no planeta. Mas o contraste na distribuição é enorme.

 

A região Norte, com 7% da população, possui 68% da água do País, enquanto o Nordeste, com 29% da população, possui 3%, e o Sudeste, com 43% da população, conta com 6%. Além disso, problemas como o desmatamento das nascentes e a poluição dos rios agravam a situação. Em conseqüência, 45% da população não têm acesso aos serviços de água tratada e 96 milhões de pessoas vivem sem esgoto sanitário. A agricultura é o setor que mais consome água no país. Absorve 74% de toda a água retirada pelos humanos dos rios, lagos, aqüíferos e áreas inundadas. Outros 18 por cento são usados pela indústria, e 8 por cento nos serviços públicos. A demanda explode junto com o crescimento populacional. Em muitos lugares, cerca de 30%, ou mais, da água, se perde devido a vazamentos e desvios clandestinos.
O desperdício é um grande problema.
Na verdade, é uma das causas da escassez.
No Brasil 40% da água tratada fornecida aos usuários é desperdiçada. Cada pessoa necessita de 40 litros de água por dia, mas a média brasileira é de 200 litros.
  • 65% das internações hospitalares no país, principalmente de crianças, são                     causadas por doenças de veiculação hídrica.
  • Diarréia e as infecções parasitárias estão em segundo lugar como maior causa de mortalidade infantil no Brasil.
  • Apesar dos esforços, são poucas as indústrias brasileiras que tratam seus despejos antes de devolvê-los à natureza.
  • Apesar de toda energia gerada pelas gigantescas hidrelétricas do São Francisco, ainda hoje 35% da população rural dessa região não possui energia elétrica em seus domicílios.
  • São Paulo e algumas outras cidades do globo têm uma descarga de efluentes do mesmo volume que o fluxo natural dos rios que as atravessam.
1 bilhão de pessoas – cerca de um sexto da humanidade – não têm acesso a água potável segura, segundo dados da ONU. E uma em cada três pessoas vive em regiões com escassez de água.
Para muitos, a questão é de gerenciamento. “Há suficiente terra, água e capacidade humana para produzir alimentos suficientes para a população em crescimento nos próximos 50 anos, então nesse sentido o mundo não está ficando ´sem água”´, disse em agosto um estudo do Instituto Internacional de Gerenciamento Hídrico (IIGH), feito com apoio da ONU.
Share and Enjoy:
  • Print
  • Digg
  • StumbleUpon
  • del.icio.us
  • Facebook
  • Yahoo! Buzz
  • Twitter
  • Google Bookmarks

Comente este artigo