Águas do futuro – jovens de várias escolas da região se articulam em torno das questões ambientais atuais e debatem o futuro que esperam, e o que farão para ajudar a torná-lo possível.

Os alunos estão aprendendo que, por meio de novas atitudes, conquistam uma postura mais cidadã e assim podem interferir nos problemas encontrados e fazer parte da solução. Com instrumentos de informação e integração, a equipe de Educação ambiental utiliza estratégias pedagógicas e também de comunicação, como as redes sociais, o fórum e o site do projeto Renove. Está sendo produzido uma história em quadrinhos, no estilo Mangá, com um roteiro cheio de aventuras, preparado por profissionais da educação e da comunicação ambiental, que contará com uma turminha do barulho, que pretende mostrar a cara e mudar muita coisa no seu pedaço.

O Comitê Jovem no Alto Tietê Cabeceiras

Após a capacitação para 120 professores na região, parte do Programa Águas do futuro, as  escolas selecionadas já formaram seus Comitês Jovens, como prática do Programa Águas do Futuro. Estes Comitês estão sendo abastecidos de informações e de práticas de gestão nos recursos hídricos, assim como outras formas de participação em políticas públicas. Estão sendo promovidas simulações de plenárias nas escolas e haverá também uma plenária entre os alunos das várias escolas.

A proposta do programa é que o Comitê Jovem possa ser formado pelos jovens da região, em suas escolas, como um modelo de participação na defesa da qualidade ambiental dos recursos naturais da região. Este modelo poderá ser replicado em qualquer município ou região.